fofi

Os donos de cães que vivem no Jardim Primavera, em Jundiaí, podem desfrutar de bons momentos com os seus cachorros na “Pracinha dos Dogs”.

No local, os pets podem brincar e curtir ao ar livre com segurança, num extenso gramado cercado, além de participar de eventos feitos exclusivamente para os mascotes.

A revista Guia Show conversou com a fundadora profa. Sara Penteado, confira:

Quando a sra. fundou a pracinha?

Em 2010 adotei uma cachorrinha que dei o nome de Lilica, ela chegou no abrigo através de um resgate na estrada, e foi através da necessidade de fazer fisioterapia na minha cadelinha que me levou a buscar um lugar em que ela pudesse correr e voltar a ter confiança nas perninhas, e essa PRACINHA supria essas necessidades de exercício. Depois da Lilica, mais pessoas começaram a frequentar e quando percebi já existia a única praça de cães de Jundiaí. Nesse momento, acabei por ter a responsabilidade em administrar essa pracinha, que existe desde 2013!

O PROJETO PRACINHA DOS DOGS realiza ações em prol de animais abandonados? conte-nos mais sobre ele.

No decorrer desses anos fui modelando esse projeto e hoje tenho a certeza de que não basta só adotar, mas os animais precisam de cuidados médicos imediatos ao resgate, para que após todos os cuidados, ele seja oferecido ao novo tutor com saúde e correndo um risco menor de voltar para a rua.

Esses cuidados são essenciais para recolocar os Pets resgatados em novos lares. Os eventos que realizo na PRACINHA DOS DOGS são voltados para arrecadar ração, remédios, casinhas e cobertores para abrigos e protetoras que ajudam o projeto.

Esse é o objetivo do projeto PRACINHA DOS DOGS socorrer animais abandonados e apoiar abrigos que chegam a ter a população de cães acima do esperado, e precisam de ajuda.

Quais os cuidados que os donos de cães devem ter ao levar o pet na pracinha?

– Por motivo de segurança, cães que visitam a pracinha pela primeira vez devem usar coleira e guia (infrator sujeito às penalidades da lei 24.645);

– Não levar cadela no cio em hipótese alguma;

– Todo e qualquer ato do cão é de responsabilidade do proprietário do animal;

– O cachorro não pode ficar sozinho no local, devendo estar acompanhados dos responsáveis;

– Não realizar brincadeiras que estimulem a disputa territorial;

– Não alimentar o cão na presença de outros animais;

– Em caso de conflitos, intervir imediatamente e afastar os cães;

– Levar saquinhos higiênicos para recolher as fezes do seu cão e, por ventura, as de outros animais;

– Levar água para o seu pet;

– Se o seu cão for bravo, deixá-lo na coleira.

“Neste ano de 2016 comecei a pedir apoio das empresas para abrir espaço para acolher animais de rua em suas fabricas chamando isso de adoção comunitário, ou cão comunitário, onde ele passa a ser de todos e assim sair das ruas.

Do início do projeto em 2013 até hoje, o mesmo cresceu muito e ficou conhecido na cidade de Jundiaí, passando a ser” link “de pedidos diários de ajuda a abandonados, e isso só vai ser possível se tivermos pessoas e empresas para ajudar. “Ressalta a fundadora Sara Penteado.

A praça fica à Rua José Leme do Prado s/n, no Jardim Primavera, em Jundiaí.

Na foto: Pracinha dos Dogs / Cão Modelo: Ulisses

cc