22

Zoonoses são doenças típicas de animais, que podem ser transmitidas aos seres humanos e vice-versa. A doença pode ser causada por parasitas, vírus, bactérias e fungos.

Animais como cães e gatos podem ser causadores de zoonoses, porém, aves, roedores, morcegos e ratos também podem causar zoonoses.

Dentre todas as zoonoses existentes as mais comuns são: Leishmaniose que é transmitida pelo mosquito palha – e vale ressaltar que, somente neste ano de 2017 ocorreu a liberação do respectivo tratamento para os cães, sendo que anteriormente os cães acometidos deveriam ser obrigatoriamente eutanasiados.

A febre amarela silvestre é uma doença grave e está em evidência no momento, é causada por um vírus e quem transmite esse vírus é o mosquito, os macacos são apenas reservatórios da doença, não transmitindo ao seres humanos.

A raiva é uma doença infecciosa aguda e é causada por um vírus, sendo uma das zoonoses mais conhecidas pela população, já que no Brasil existe grande divulgação dessa doença e campanhas de vacinação anual para os cães e gatos.

Leptospirose também é uma zoonose, e é causada por uma bactéria que pode estar presente na urina dos ratos. Atenção: as pessoas podem consumir a água contaminada ou mesmo pelo “simples” fato de caminhar em enchentes e se contaminar, já que a bactéria causadora consegue penetrar na pele integra.

A toxoplasmose é popularmente conhecida como a doença do gato, porém, o que poucos sabem é que a toxoplasmose é causada por um protozoário que pode estar presente em inúmeros animais e no ambiente. O gato quando contaminado, deposita através das fezes esse protozoário no ambiente, e para a pessoa se contaminar é preciso ingeri-lo. Existem diversos tipos de sarna que acometem os animais, porém é a sarna sarcoptica que é uma zoonose. Ela é transmitida por um ácaro que se chama sarcoptes canis, e está na superfície da pele sendo propagada entre os animais e ao homem por contato direto.

A criptococose é uma zoonose causada por fungos e acomete diversos animais como cães, gatos, animais silvestres e aves, mas os pombos são as principais vítimas. Atenção: os fungos podem permanecer no ambiente por anos.

Existem diversos métodos de prevenção, mas a princípio, a melhor decisão é levar seu animal de estimação ao veterinário, onde o diagnóstico rápido se faz necessário para analisar qualquer doença bem como o sucesso do tratamento. Além disso, existem inúmeras vacinas disponíveis no mercado que previnem doenças graves, patologias que podem levar a morte de seu pet. O veterinário também lhe informará sobre dicas de higiene e cuidados com seu animalzinho, preservando-o de contaminações muitas vezes graves que podem levar ao orbito.